Desespaço

Foto: Helena Chiarello - arquivo pessoal


Tua falta é,
a todo instante, 
tua falta.

Só não consigo entender
esse vazio equivocado,
que fica repleto de ti.



Helena Chiarello

2 comentários:

gaivotadourada22 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
gaivotadourada22 disse...

Minha Querida Amiga...

Ah...esses vazios que nos preenchem...desse "nada" tão concretamente pleno...tão sutilmente pesado...como plumas de chumbo? Como nuvens com densidade de montanhas? Talvez sejam esses "vazios" que nos fazem assim, tão seres humanos...Acho mesmo que o segredo está em aprendermos a fazer flutuar as plumas de chumbo e a deslisar as nuvens montanhas...lá no horizonte! Horizontes que somos nós!
Carinhosamente, e Você sabe, profundamente agradecida te revelo, que tuas iluminadas palavras ao meu escrito "Vazio..." conseguiram essa magia...!Obrigada Amiga...Amo Você também! Beijos!