Às vezes

Foto: Helena Chiarello - arquivo pessoal

Há um vazio anunciado
que chega em cada nada
e fica preso em quase tudo.


                     E todo o espaço se resume
                     naquele silêncio abismado
                     por onde se esvai a vontade.


Helena Chiarello

3 comentários:

Chica disse...

Lindo,Helena!Um beijo,tudo de bom e parabéns pelo dia!chica

gaivotadourada22 disse...

Lindo, maravilhoso Poema como sempre ( e não às vezes...)! Dizer mais o que? Somente aplaudir! Beijos Lê!

Ellen Veloso Soares disse...

Muito interessante! Chiq!