Expansão

Foto: Helena Chiarello


Divino é o momento
em que lembramos nossas asas.

E mesmo que,
por vezes,
o temor das quedas
nos faça estremecer ao voo,
lá do alto,
a contemplação:

            O sorriso por dentro do vento,
            a visão espantada
            diante do milagre do infinito
            e a certeza                          
                               – esplêndida –
 de que,
 muito acima de todas as razões,
 os céus ainda acontecem...



Helena Chiarello


(A partir de um jogo poético com amigos)


2 comentários:

✿ chica disse...

Show! Foto e poesia lindas e ao te ler parecia de te ter aqui à minha frente. Tão legal! beijos, tuuuuuuuuudo de bom,chica

Terezinha Canabarro disse...

LINDO, LINDO LÊ!Amei... Esse é voar que todas as asas possuem!!!Saudade,bjs!!