Proximidade

Foto: Helena Chiarello - arquivo pessoal

De repente a sensação de que

tempo e distância
não são mais
do que um simples fechar dos olhos.

E no abrir dos sonhos,
estreitam-se tanto
a ponto de caberem
entre os braços...



Helena Chiarello


3 comentários:

sementes diárias disse...

Lindo e muiiiiito inspirado, heim guriazinha? Lindo esse estreitar que cabe nos braços...Um beijo,Chica

Ellen Veloso Soares disse...

Tempo e distância no espaço do amor, sonho vívido que colore a alma e fortalece o ser (a dois)!! Lindo!!

gaivotadourada22 disse...

Minha Amiga Querida...

Realmente "longe é um lugar que não existe...Richard Bach", mas este teu Poema Proximidade, sobe ao podium com Medalha de Ouro! Maravilhoso em essência e em Poesia! Aplausos e Beijos Lê!