Eternos

Foto: Helena Chiarello - arquivo pessoal

Vieste através do tempo,
percorrendo distâncias e saudades,
trazendo na boca todas as palavras
que minha alma um dia ouviu e pressentiu guardar.
Vieste através do tempo
e trouxeste de volta a parte que tinhas
da outra metade que guardei comigo.
E recebi com o coração cantando
teu sorriso de retorno,
teu abraço de chegada,
o olhar de acolhida
e as tantas promessas colhidas
nas infinitas paisagens
onde já estivemos antes
quando fomos apenas um.
Vieste através do tempo
e tornaste vivas todas as memórias
que as vidas acumuladas à tua espera
tentaram dissipar em outras faces.
Mas meu coração reconheceu,
- por vontade ou por destino -
os ecos de teu gesto e voz.
Vieste, e também voltei.
Encontramo-nos, então, fortalecidos,
maiores e mais vivos.
Desfizemos silêncios seculares,
compensamo-nos da ausência mútua
com afetos, certezas e consentimentos
que relembraram nosso destino
e tornaram nossas solidões desnecessárias.

Andei pela eternidade à tua procura.
E sei que estiveste pelo mesmo tempo à minha espera.


Helena Chiarello

postado no Amo sim.

7 comentários:

Anderson Fabiano disse...

stella mia,

não me basta festejar a sinergia que nos fez unos, nem saber o privilégio de teu melhor sorriso. não me basta sabê-la tão intensa em seus sentimentos, mas, me basta sim, saber que nossas bússolas apontam pro mesmo norte, desde antes de sabermos de nós.

amo vc,
barba

jღssara disse...

Lindo demais, Helena!

Só você descreveria o amor assim, espiritual e físico, transcendendo o tempo!

Este é o amor verdadeiro! O amor que reconhece "por vontade e por destino" os ecos dos gestos e da voz do ser amado só pode ser abençoado por quem está acima da eternidade!

Adoro muito ler seus poemas! Parabéns por este ser tão tocante e lindo!

Beijos,
Jo.

Diana disse...

Andamos de muitos modos a percorrer vários caminhos, e lá nos vamos de vez em quando encontrando...

Gaivotadourada22 disse...

A verdade e o Amor Pleno se tornam manifestos quando essências voltam-se novamente aninhadas no Uno... É quando as buscas e as esperas realizam-se num iluminado Agora... Assim estão vocês, assim as palavras modelam os Poemas que refletem esse Amor... Parabéns... Parabéns!
Um poema belíssimo minha Amiga do Coração!!! Saudades de montão! Beijos mil!

Gaivotadourada22 disse...

A verdade e o Amor Pleno se tornam manifestos quando essências voltam-se novamente aninhadas no Uno... É quando as buscas e as esperas realizam-se num iluminado Agora... Assim estão vocês, assim as palavras modelam os Poemas que refletem esse Amor... Parabéns... Parabéns!
Um poema belíssimo minha Amiga do Coração!!! Saudades de montão! Beijos mil!

ATEFAR disse...

Bem apaixonante. Lindo poema.
Obrigada pela visita em meu blog, eu também gostei muito do seu.
Beijos,
Leonice.

Sarah El Khouri disse...

Forma linda de descrever o amor, o reencontro de duas almas; naquela parte: "vieste, e também voltei. "Encontramo-nos, então, fortalecidos, maiores e mais vivos" , me lembrei da minha irmã gêmea. Ela é a alma de minh'alma.