Lavanda

Foto: Helena Chiarello - arquivo pessoal

De repente
um arrebatamento,
uma alegria incontida,
uma leveza súbita
mistura-se às cores
da tarde branda...
.
__________ ...Em câmera lenta,
__________ um brilho de sol passeia
__________ sobre os tons lilases
__________ de um vaso de flores,
__________ perfumando de ternuras
__________ o instante, na varanda...
.
.
Helena Chiarello

10 comentários:

✿ chica disse...

Delícia de instantes na varanda.

E tenho certeza, tua varanda é essa ou assim...


Lindo.Helena e deu vontade de sentar aí contigo, conversar, rir, fofoquear sentindo esse aroma delicioso e nos inebriando das cores das lavandas...

beijos,tudo de bom,chica

Um brasileiro disse...

ola moça. tudo blz? passeando por essa blogosfera, dei uma escalada aqui. muito interessante e bonito. gostei. apareça por lá. abraços.

manuela barroso disse...

Olá querida Helena!

E senti-me por momentos embalada nessa luz,nesse câmbio de tons visuais, olfativos...
E perguntei à janela onde se escondia tal perfume?
...E..."ontem , aqui..."!
Onde mais podia ser?
Junto de outra flor, outro perfume, outra poesia!
Lindo! Tudo aqui é lindo!
E parece tudo sempre alegre, brando, perfumado, colorido...
Uma varanda de ternuras e poesia linda!!
Abraço grande!
Manuela

Anne Lieri disse...

Helena,seu olhar captou as imagens e seu coração a beleza e sensibilidade do momento!Poesia linda e perfumada!Bjs,

mhelena disse...

Eu sou completamente apaixonada por lavandas tanto que tenho uma plantação delas no meu jardim. Seu poema acompanhou em sutileza o perfume desta flor e encheu a tela de rara beleza.
Bjos (muitos)

Leninha disse...

Quanta suavidade em sua lavanda e quanta ternura em seu poema...amiga querida,sua janela nos transporta para pertinho de você.Beijos e obrigada pelo perfume que trouxe à minha casa.
Muita luz para você,Leninha.

Su disse...

Helena, passando pra sentir esse cheirinho de lavanda... delicada, suave e poética... Que linda poesia... Assim vou para a escola agora... tranquila e em paz! Beijos e tem florZinhas pra você lá no meu cantinho!!! Su.

Su disse...

Helena, voltei para agradecer seu carinho tão grande no meu cantinho. Fiquei emocionada... Me dedico muito no trabalho, agradeço a Deus todos os dias pela saúde que tenho e por estar mais um dia com as crianças, os pequenos me dão vida, eles me alegram, me encantam, me surpreendem, me deixam de "cabelos em pé"rsrs, mas principalmente me ensinam, não me deixam esquecer como eles precisam de nós, como nós adultos, sejam pais, avós, tios, irmãos, professores... como nós somos necessários na formação deles, como temos responsabilidade em amá-los para que eles crescem mais felizes, em cuidar para que não fiquem doentes do corpo, mas principalmente da alma... Sou apaixonada pela infância, abraço e beijo os meus pequenos todos os dias... e vejo que os olhinhos deles brilham brilham brilham... mas o que brilha mesmo é o meu coração, que fica dançando dentro de mim festejando a VIDA! Beijos no seu coração. Te admiro muito! Su.

Leninha disse...

Helena querida,você não imagina como ficou o meu coração ao ler suas lindas palavras no meu blog...feliz da vida por ter uma amiga tão especial... Um perfume de madressilvas para você.Bjssss,Leninha.

Anderson Fabiano disse...

Stella mia,

No início, um corredor de se andar muito e ao fim, uma janela.

No início, uma mulher amada, sensível e pronta pra vida e no fim, a poesia.

No início, a vontade; no fim, a tarde branda e no meio do caminho, lavandas. Como só teus olhos souberam ver.

Amo você, poetinha!

Barba