Sinais

Foto: Anderson Fabiano - arquivo pessoal

Indeléveis essas marcas,
esses sinais irreversíveis,
visíveis de tudo que sou,
sonhei, senti e vivi.
                      
Há vincos de dores,
                     
de dúvidas,
                      
tristezas e desencantos.
                     
Há sulcos cravados
                      por solidões, saudades,
                     
[algumas perdas]
                      
e muitos prantos.
                     
Mas há um viço de certeza,
                     
há traços da esperança
                      
que jamais desvaneceu.
                      
Há sinais inconfundíveis
                      de momentos e lembranças
                      
e um riso [de criança]
                      
que nunca de mim se perdeu.
Não penso os ruins,
nem lamento.
Não sofro o que foi perdido,
não rio do que venci.
Não diluí a alegria
no que foram lágrimas,
nem desbotei os sonhos
nos meus desencantos.
Há cantos.
                     
Há tantos que agora são,
                     
que se fazem de alegria,
                     
de amor e de confiança.
                    
Outros ainda serão
                     
e nunca envelhecerão

                     a esperança.
É assim que estou aqui,
humana e falível,
com as marcas do que vivi,
sinais irreversíveis
de tudo que sei e sou,
sonhei, senti e vi.
Momentos e emoções passados,
presentes e acompanhantes
que me fazem
contar o tempo
apenas pela medida
de me saber assim.
Melhor e maior que antes.



Helena Chiarello


13 comentários:

✿ chica disse...

Que lindo sentir esse,Helena!

E marcar a vida pelos momentos bons ou ruins vividos, ,sabendo valorizar o momento presente onde se é tão feliz.

LINDO DEMAIS!!!

Sempre maravilhosa essa minha amiga que coloca o coração na ponta dos dedos ao escrever!

beijos,tudo de bom,chica

MARILENE disse...

Todos temos cicatrizes. Costumamos atribuí-las a maus momentos. Mas nossa vida é permeada, também, de felicidade. E não há nada que torne imperceptível essas cicatrizes, como um sorriso aberto e franco.

Bjs.

Gaivotadourada22 disse...

Lindo, lindo, lindo...
Minha querida Amiga... Confesso que me emocionei, teu Poema descreve a sutileza da Alma que és... O entendimento e a sabedoria de olhar a vida ancorada na Esperança e valorizando o Caminho, pois tua Poesia nos mostra e ensina que não importa a caminhada, a felicidade está logo ali, basta dobrar a esquina!!! Adoreiiiiii!!!!!
Todas Elas para vc... V!V!V!V!
Um beijo enorme para você!

Su disse...

Helena querida... você consegue transformar sentimentos intensos vividos em palavras, escolhidas como flores colhidas de um jardim, entre suas marcas, dores, alegrias e caminhos... Fechei os olhos e vi tulipas coloridas dos campos mais lindos, vi girassóis vivos, amarelos e brilhantes... vi as flores e seus ciclos em suas fortes e intensas palavras,como flores que são colhidas pela vida, alegram e perfumam, vão murchando, mas ainda assim tem uma beleza ímpar... como o quadro eternizado dos Girassóis de Vang Gogh... e assim aos pouquinhos se vão... deixando lembranças, perfumes, belezas, alegrias... e vida!

Acho que acordei floral hoje!rs... Beijos pessoa linda e querida! Su.

Anne Lieri disse...

Helena,sem palavras!Lindo seu poema,toca nosso coração!Adorei esse riso de criança que nunca perdeu...isso não podemos deixar morrer!Mesmo com as tristezas e decepções que ás vezes passam pela nossa vida,é importante saber que o riso está lá guardadinho...amei seus sinais!Bjs,

Milla Pereira disse...

Morrendo de saudades, passei pra lhe deixar um beijo carinhoso. Bom fds, Milla

ana paula e Bud disse...

Helena muito querida,cada passo seu é transformado numa caminhada para sua própria estrela e todos os sofreres convergem para transformá-la
na pessoa linda e terna que você é.E a eterna criança continua rindo e brincando com os sonhos,o seu jardim dos sonhos...
Um beijo e um abraço bem apertado
para os meus namorados prediletos,você e o seu Barba.
Com carinho,
Leninha

Leninha disse...

Querida Helena,uma feliz noite para você e o seu eterno namorado.
Bjssssss,Leninha



PS:postei o comentário anterior enquanto estava no blog da Ana Paula.
Ela ficou super feliz por tê-la como
seguidora,mas agora,como eu já vim para casa,talvez não poste mais nada.
Minha nora é muito ocupada e não
terá tempo para ficar com ela,assessorando-a...
Bjssssssss,Leninha

Anderson Fabiano disse...

Stella mia,

Dentre as dádivas com que os céus me aquinhoaram quando me trouxeram você estão, sem dúvida, suas condições de falível e humana. Adoro isso!

Não vejo suas marcas, mas sim, sua essência. Sequer percebo suas cicatrizes, mas a grandeza interior que elas te conferiram.

Sinais... Apenas referências do melhor norte.

Gosto da certeza de saber que as próximas descobertas serão cúmplices e repartidas.

Sabemos os caminhos. Cabe-nos apenas trilhá-los, pois as melhores marcas serão deixadas por nossos pés, pareados, rumo ao sempre.

Amo você, poetinha!
Barba

PS: Feliz Hoje, Piazinha.

manuela barroso disse...

Minha querida Helena!
...fez-me ficar um pouco...pensativa!
As marcas , se as tiver, nunca são marcas, são caminhos...
...e as marcas se as houver não são marcas, são amor repartido...
...mas se ainda houver marcas, não são marcas, são a tua identidade única, um ser extraordinário, com uma sensibiidade incrível, que não cobra, não lamenta
tempo gasto como perdido! E quem seria a Helena sem todos esses sinais de lembrança e risos e desencantos e solidões? Possivelmente outra Helena, não esta que todos amamos!
...e ainda não se vê sulcos, mas sim linhas que escrevem vida!
Aquele abraço, pessoa linda!
Manu

Leninha disse...

Helena xará querida,gosto de ver e sentir a esperança,o gosto e o sabor
da vida que permeiam seus poemas...e
a cada vez que aqui venho,faço uma nova leitura...e sempre sinto uma explosão de vida em todas as palavras e linhas e estradas que você trilhou e trilha...
Bjsssssssss,
Leninha

Milla Pereira disse...

Olá, minha doce amiga! Andei fazendo umas alterações em meu Blog e tem um recadinho lá pra vc.
Te espero por lá, beijinhos e ótima noite. Milla

✿ chica disse...

Helena, vim te agradecer e desejar um lindo fds por aí,friozinho também??? beijos,chica