Singelezas

Foto: Helena Chiarello - Arquivo pessoal

Tenho faltas
de acreditar na meninice
dos dias,
das coisas
e dos encantos.
Tenho faltas -
do riso da alma entreaberta
à espera da surpresa
de um sonho novo.

É assim.
Há horas
de pensamentos soltos
e palavras presas
e, embora me gritem vontades,
só tenho boca
de dizer silêncios.

                Mas se muito me insistissem
                eu talvez só-risse
                e em resposta, pensaria
                que tudo o que eu mais queria
                era a insistência dos joelhos machucados
                e a inocência das mãos sujas de infância...


Helena Chiarello

Nenhum comentário: